VIZINHOS NO CATIVEIRO – Giovani Rostirolla

VIZINHOS NO CATIVEIRO - Giovani Rostirolla
VIZINHOS NO CATIVEIRO – Giovani Rostirolla

VIZINHOS NO CATIVEIRO – Giovani Rostirolla – Aqui jaz o politicamente correto.

O livro é sobre a amizade, a ganância e os limites de cada homem. Como o título sugere, logo no começo acontece uma troca repentina de realidade, e no cativeiro, dois homens, ao passarem pelas mais diversas dificuldades, tornam-se amigos.

Para sair da situação que se encontram, precisam usar a inteligência, bem como admitir ser piores do que imaginavam ser. Naquele ambiente conhecerão como respondem a situações-limite, e as decisões que tomarão para um ou os dois saírem daquele inferno será o que alimentará a trama na segunda metade do livro.

Há bandidos nesta obra, mas não se pode dizer que os seus antagonistas sejam os mocinhos. Você verá pessoas equilibradas e bem-sucedidas lutando para sobreviver, e nesta trama que nos prende com mudanças bem articuladas e repentinas se verá perguntando se seria capaz de fazer o mesmo.

São estas e muitas outras questões que o livro levanta com uma honestidade incomum e uma dinâmica de tirar o fôlego. Caso decida por conhecer a história dos vizinhos, prenda o cinto e prepare-se para ver a importância da persistência, da inteligência e do instinto de sobrevivência.

Colocado diante da morte, quais princípios você estaria disposto a quebrar para evitá-la? Quão astuto seria e do que abriria mão para não se contentar em apenas sobreviver? O mais empolgante neste livro é que os bandidos também estão passando pelas mesmas perguntas, e são as respostas dos dois lados em conflito que dão vida e pertinência a este livro.

 Olá, se você estiver lendo isto é porque não está logado(a) no sistema, no menu acima, entre no item "Acesso ao Site" e faça seu login - Os links são exclusivos para usuários cadastrados, faça o seu Cadastro gratuito - Clique Aqui
botaotransparente   botaotransparente downbuttonEPUB downbuttonKINDLE downbuttonPDF botaotransparente   botaotransparente
imagem

Deixe uma resposta